Diariamente há um novo artigo falando sobre o que esperar do futuro do trabalho. O mundo está mudando e estar preparado para isso fará toda a diferença no seu futuro.

 

Um dos elementos que devemos considerar logo após a inscrição no Enem, além da satisfação pessoal (claro!), é se a profissão será valorizada no mercado de trabalho. E é importante saber também qual será a situação daquela carreira no futuro próximo.

 

Isso porque entre você entrar na faculdade e sair dela podem se passar de dois a seis anos. E durante esse tempo o cenário pode mudar!

 

E esta é a previsão para a próxima década:

 

vidente bola cristal

 

 

Gestor de novos negócios em Inteligência Artificial

 

Função: Será responsável por definir, desenvolver e implementar programas eficazes para acelerar negócios em Inteligência Artificial (IA), incluindo funções administrativas e comerciais.

 

O que é preciso: Serão necessárias experiências em plataforma de IA, Machine Learning e computação em nuvem, além de perfil comercial para vendas e conhecimento no desenvolvimento de novos negócios em grandes organizações. Pode ter formação em Engenharia de Computação, Análise de Dados e Ciência da Computação.

 

 

Oficial de ética de sourcing

 

Função: Investigar, acompanhar, negociar acordos de bens e serviços para garantir que gastos indiretos da empresa (em energia, restos e relações sociais) estão alinhados com os padrões de ética de seus stakeholders.

 

O que é preciso: Ter experiência com ética em ambientes corporativos, habilidades interpessoais e de comunicação, capacidade de trabalhar em grupo. Conhecimentos de negócios, lei, gestão pública ou filosofia são diferenciais.

 

 

Gestor de influenciadores digitais

 

Função: Fará o papel de gerente responsável por verificar a veracidade dos seguidores e analisar os algoritmos dos influenciadores, de acordo com cada tipo de cliente.

 

O que é preciso: ter experiência em análise de dados, computação, vendas, publicidade e marketing. Pode ter formação em Publicidade e Propaganda, Marketing, Midialogia.

 

 

Hacker genético

 

Função: Deverá trabalhar em pesquisas e desenvolvimento de tecnologias para proporcionar melhorias em níveis celulares e microbiológicos.

 

O que é preciso: ter conhecimento em genética, computação, matemática, fisiologia e medicina. Pode ter formação em Medicina, Biomedicina e Ciências Biológicas.

 

 

Conselheiro de compromisso de saúde

 

Função: trabalhará remotamente para oferecer coaching individual e conselhos de bem-estar e saúde para usuários de pulseiras inteligentes, que monitoram suas atividades e sinais físicos.

 

O que é preciso: Ter experiência com nutrição ou educação física e credenciais (obtidas em cursos online) em modalidades esportivas como CrossFit ou yoga. Saber lidar com ambientes culturalmente diversos também é necessário.

 

 

Coach de bem-estar financeiro

 

Função: oferecerá sessões de coaching individuais para clientes que queiram compreender e monitorar suas atividades financeiras.

 

O que é preciso: ter formação em finanças ou negócios, um bom ambiente para trabalhar de maneira remota, experiência com análise de métricas financeiras e conhecimentos sobre a indústria financeira.

 

 

Gestor de ecorrelações

 

Função: esse profissional irá se comunicar com grupos de consumidores, órgãos governamentais e outras empresas. É a pessoa que vai fazer o meio de campo entre a empresa e os diversos stakeholders em temas relacionados à sustentabilidade. E sustentabilidade é a palavra de ordem para o profissional de ecorrelações.

 

O que é preciso: ter conhecimento técnico ambiental (engenharia ambiental), de legislação do tema (direito ambiental) e também ser bom em comunicação. Veja neste post outra profissões para quem ama a área de meio ambiente.

 

 

Gestor de resíduos

 

Função: Outra profissão intimamente ligada à questão ambiental é gestão de resíduos. Direcionamento correto para os resíduos e a transformação do lixo em fonte de renda são as atividades primordiais do profissional. É pensar não só em reciclar, mas também em diminuir a produção e o impacto dos resíduos.

 

O que é preciso: A formação do gestor de resíduos vai depender do tipo de indústria. Engenharia ambiental, engenharia química, biologia são algumas das áreas de formação adequadas para quem deseja seguir neste ramo.

 

Você se identifica com alguma dessas profissões? Deixe o seu comentário 😉

 

Beijos,

Flávia

Comentários