assinatura

 

Salve, salve, galerinha linda! O tema de nosso blog hoje é ESTATÍSTICA. Por ser um dos assuntos mais cobrados no ENEM, é de extrema importância o entendimento dos tópicos desse conteúdo. Vem comigo, vamos aprender!

 

O estudo da Estatística no ensino médio se divide em duas partes: a análise de gráficos e tabelas e o cálculo das medidas estatísticas. Vamos ver os principais tipos de gráficos?

 

Mas antes de começar a estudar os gráficos, é interessante a gente entender o que são os dados e variáveis estatísticas.

 

globo

 

Uma variável estatística é basicamente uma característica de algo ou de alguém. Por exemplo, a idade de uma pessoa, o salário de um funcionário, a cor de um objeto, a marca de um produto, a quantidade de alunes em uma turma, o candidato escolhido por uma pessoa em uma eleição, a inflação de um país em determinado mês, a densidade de uma substância, etc. São praticamente infinitas as possibilidades de exemplos de variáveis estatísticas.

 

E todas essas variáveis se dividem em dois grandes grupos: as variáveis quantitativas e as variáveis qualitativas. As variáveis quantitativas descrevem uma quantidade e as variáveis qualitativas descrevem uma qualidade.

 

hum

 

Pois bem, a idade de uma pessoa, o salário de um funcionário, a quantidade de alunos em uma turma, a inflação de um país em determinado mês e a densidade de uma substância são exemplos de variáveis quantitativas, pois os possíveis valores assumidos por elas fazem referência a um valor numérico. Por exemplo, 18 anos, R$ 2000, 45 alunes, 0,85%, 1,14 g/cm3 seriam possibilidades para as variáveis citadas.

 

Por outro lado, a cor de um objeto, a marca de um produto, o candidato escolhido por uma pessoa em uma eleição são exemplos de variáveis qualitativas, já que os possíveis valores assumidos por elas não fazem referência a um valor numérico. Por exemplo, vermelho, Tabajara e Tiririca seriam possibilidades para as variáveis citadas.

 

vote

 

Perceba que, apesar de haver uma referência ao número 2222, no exemplo do candidato escolhido por uma pessoa em uma eleição, esse número não está representando uma quantidade e é apenas um código que associa ao valor real da variável que é o candidato escolhido.

 

Já sabemos que as variáveis assumem valores possíveis, que podem representar uma quantidade ou não. Agora vamos entender o que são as frequências das variáveis.

 

Quando fazemos um estudo ou pesquisa sobre determinado tema, é comum a coleta de dados sobre determinadas informações. Vamos supor que foi feita uma pesquisa em um grupo de 50 alunos do Explicaê sobre o quanto estão gostando de estudar pela nossa plataforma. O resultado foi o seguinte:

 

pesquisa-estatistica

 

Obviamente essa pessoa que não está gostando é uma espiã da concorrência que assinou a nossa plataforma para bisbilhotar a forma como nossas aulas conseguem ser divertidas e, ao mesmo tempo, focadas naquilo que cai no ENEM e demais vestibulares.

 

Mas enfim, a quantidade de pessoas que responderam é o que chamamos de frequência absoluta simples (fi) do dado. Por exemplo, 26 pessoas responderam que estão mais que amando a plataforma, assim, esse 26 é a frequência absoluta simples do dado “estou mais que amando”. Já o percentual de cada dado é chamado de frequência relativa simples (fr) do dado e é simplesmente a divisão da frequência absoluta simples pelo total de dados. Ou seja, 26/50 = 0,52 = 52%.

 

Esse resultado final da pesquisa pode ser colocado em um gráfico. Por exemplo, se for utilizado um gráfico de setores, que costuma ser chamado de pizza, o resultado seria o seguinte:

 

grafico

 

Nesse tipo de gráfico, um círculo é dividido em vários setores circulares e cada setor representa uma característica ou valor. Quanto maior for o setor circular, mais será a quantidade de dados com aquela característica ou quantidade.

 

grafico-pizza

 

Outros gráficos que são bastante utilizados em situações desse tipo são os gráficos de colunas e os gráficos de barras. Utilizando esses tipos de gráficos para a nossa pesquisa de satisfação, os resultados seriam os seguintes:

 

tipos-graficos

tipos-graficos

 

Ainda existem os gráficos de linhas que são utilizados em situações um pouco diferentes. Normalmente esses gráficos de linhas são utilizados para acompanhar o desenvolvimento do valor de uma certa variável ao longo de um período de tempo. Por exemplo, o gráfico a seguir representa as vendas de um determinado produto em uma loja durante um ano.

 

tipos-graficos

 

Ainda existe um gráfico bem interessante chamado de gráfico de radar. O exemplo a seguir representa os atributos de um certo jogador de futebol em um esporte on-line.

 

esporte

 

Nesse exemplo, percebemos que a velocidade desse jogador é 9, o chute é 8, o passe é 10, o vigor é 5, o brible é 9 e a defesa é 3. Seria o menino Ney?

 

Realmente, os gráficos de radar são bem interessantes, não é verdade?

 

Bem, é isso, galerinha! Espero ter ajudado um pouco a entender esse assunto tão importante para o ENEM e demais vestibulares. Abraço a todos e todas!

 

Ah, esqueci de comentar que, se ainda não faz parte do nosso Exquad, você pode experimentar a nossa plataforma por 7 dias. E se gostar e quiser ficar com a gente, você tem 20% off para adquirir qualquer um dos nossos plano. Clique aqui embaixo, bb!

 

cupom-desconto-20-porcento

Comentários